My Fellings: Os Instrumentos Mortais #cry

Comprei A Casa de Hades \õ/ #partiu (nada a ver com postagem. Ok.)

Olá pessoas!
Voltando aqui, depois de o que, quatro semanas? Desculpem mesmo! Eu queria muito postar algo aqui, mas eu só não sabia o que, e acho que ficarei mais alguns dias fora. Nossa sala está fazendo um projeto que vale nota e as provas estão se aproximando então é, eu vou sumir de novo. E eu também estou colocando alguns dos meus livros comprados em dia e tentando não surtar até o lançamento de City of Heavenly Fire, mas tudo bem. Fora isso, acho que nada legal está acontecendo mesmo e-e eu saí esse final de semana, viajei no anterior, devorei livros em dias, ouvi Bring me The Horizon e... não, foi só isso mesmo.

Então eu estou aqui com aquele tipo de post que ninguém lê eu devo falar sobre algum livro muito bom que eu li esses dias. Hoje, por não conseguir escolher só um, eu venho falar sobre Os Instrumentos Mortais, uma série de 6 livros (5 lançados) de Cassandra Clare. Os livros são muito bons, a história é muito bem bolada, os personagens são bem humanos [longa explicação. Praticamente, é quando eles são moderados entre sorte de mocinha(o) e azar de mocinha(o)] e a escrita é bem descontraída e séria ao mesmo tempo. Como eu posso explicar... algo como o Rick Riordan sem muitas trollagens (?).

passei meia hora tentando bater uma foto que prestasse.
Os Instrumentos Mortais é uma série de seis livros: Cidade dos Ossos, Cidade das Cinzas, Cidade de Vidro, Cidade dos Anjos Caídos, Cidade das Almas Perdidas e City of Heavenly Fire (eu acho que é Cidade do Fogo Celestial em português). Os livros foram lançados pela Novo Conceito em duas edições diferentes: uma com capas brancas e com menos páginas (?) e uma com página amareladas mais gordinho (?). Eu realmente não sei se tem uma diferença na história, mas eu tenho as duas versões, porque eu comprei o box.
Como não poderei colocar a sinopse dos cinco livros aqui (até porque teria spoiler), deixarei a de Cidade dos Ossos, o primeiro livro:
Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.
 A série é extremamente boa, e já entrou nos meus tops 5. Eu não queria ler no começo, pois achava que seria mais parecido com aquelas outras séries de hoje em dia, com aqueles romances clichés e chatos que eu já enjoei de falar para vocês que eu não gosto. Então eu fui ver o filme, que eu não sei se ainda está passando no cinemas [assistão aqui], e simplesmente mudei minha opinião. Tá. Tem romance cliché? Tem. Mas você se acostuma. Nesse livro, eu estou tão envolvida com a trama que eu nem tenho tempo de ficar com tédio dos personagens principais.
Bom, tudo começa quando Clary (aquela típica mocinha ruiva perfeita que se acha feia) descobre que tem o poder da Visão, dando-se ao fato dela conseguir ver Jace, Alec e Izzy, três shadowhunters, matando um demônio em uma boate. A partir desse momento sua vida começa a mudar. Ela não consegue tirar Jace (aquele típico loiro perfeito que eu só não odeio porque ele tem um passado tenso) da cabeça, e, quando sua mãe, Jocelyn, é capturada por Valentim, ela se vê entrando no mundo dos Caçadores de Sombras para resgatá-la. Certo, bem cliché. Então, vocês se perguntam, oque me fez gostar desse livro?
Malec. O jeito que o trama se resolve por todo o livro. Cassie conseguiu criar um universo totalmente novo, desde vampiros que usam motocicletas movidas a luz lunar até cidades com torres reluzente como vidro (intitulado Idris). Clary, para encontrar sua mãe, precisa achar o Cálice Mortal, o primeiro Instrumento Mortal, que deveria estar escondido em algum lugar de seu apartamento. E isso é só o que eu posso dizer para vocês, porque se não seria spoiler. E eu não estou afim de contar spoilers.
Mas, claro, a aventura não termina no primeiro livro. Uma coisa interessante é que não são aventuras diferentes em cada livro, é uma só aventura que desencadeia outras aventuras piores. É um ciclo, e eu amei isso.
Outra coisa que eu gostei muito é que a história não é exatamente voltada para os personagens principais. Nós lemos sobre o ponto de vista de Clary, Jace, Simon, Alec (não importa o que digam, ele sempre vai ser meu favorito), Isabelle, etc.
O que mais posso comentar sobre o livro em si? Acho que, se eu deixar muito da história entrar, vão chover spoilers, pois desde os primódios você já se vê conhecendo cada vez mais do universo Shadowhunter e dos Filhos do Submundo (lobisomens, vampiros, feiticeiros e fadas). Os primeiros livros contam a busca de Valentim, aquele vilão muito tenso que tem que ter nos livros. O pior é que eu não consigo expressar o quão bom é a história, mas juro à vocês que a história é muito fantástica. Ah! Sem falar dos momentos muito engraçados, a maioria por parte de Simon.

E é isso. Acho que consegui resumir. Eu tenho um pouco de medo de publicar postagens assim e sei que, se duvidar, vocês vão passar a odiar o livro depois da minha resenha, mas tudo bem.

9 comentários:

  1. Maldita, já comprou A Casa de Hades. Eu vi uma menina loirinha bem bonitinha segurando o livro. Eu já ia perguntar "Mas já, semideusa?", mas resolvi ficar calada.
    Estou DOIDA pra ler esse livro! Já até sei onde vende. Mas me vejo necessitada em terminar a saga de Percy Jackson. Ainda estou no primeiro livro ç_ç Mas quando eu não achar O Mar de Monstros em canto nenhum, vou quebrar meu juramento e comprar Cidade dos Ossos.
    Quando eu vi a Lily Collins no elenco... SURTEI!
    Kiss ~
    sibeleekpop.blogspot.com
    (PS:Essa foto que você tirou ficou perfeita *u* Estou babando nos seus livros aqui)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HOHOHOHO -risinho maléfico-
      Você precisa ler mesmo Belle, o livro é perfeito u_u eu sei como é, até porque era pra eu estar lendo A Casa de Hades, mas tô lendo Cidade das Almas Perdidas ao invés disso e3e
      A Lily é pfta mesmo *-* dá até raiva da beleza #bolada mas ela se enquadrou muito bem pro papel da Clary... na verdade todos os personagens foram bem escolhidos e3e
      (Obrigada ;u; hushaushuas')

      Excluir
  2. hmmm adoro histórias cm universos novos. E pelo oq vc falou parece ser bem interessante, msm que tenha romance clichê, eu posso me concentrar na narrativa/ambiente onde se passa e isso ganha pontos :3
    eu ia ver no cinema mas acabei perdendo :/ eu to querendo ler o livro mas só se eu pegar emprestado pq ler no computador não é pra mim, e tbm ainda n tenho tablet T_T
    ah e adoro protagonista ruivas. dá mt inveja, ruivas são lindas demais ;u;

    http://enquantoachuvadissolveacidade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem insteressante mesmo Andressa *-*
      huashuahsu' eu fui assim que lanço -qqqq mas você pode assistir online, mesmo eu recomendando ler o livro primeiro porque é bem diferente...
      Eu te emprestaria se morasse perto de ti .-. mas concordo, também não consigo ler no pc, é horribru ;-; e eu acabo esquecendo de ler e vou ser besta nas redes sociais e-e
      Ruivas são pftas ;u; principalmente se tiver sarda ;u;

      Excluir
  3. Olá Mugi-chan! Eu li há algumas semanas o livro Cidade dos Ossos e também achei bem legal, apesar dos pontos clichês que você citou, e acho de 1 a 5, eu daria 4,5 ao livro (se eu fosse fazer uma resenha), ainda não conferi o filme, e por morar no interior não fui aos cinemas conferir, e na última vez que fui assistir a adaptação online do livro a imagem do filme desfocava a todo momento e3e, vou ver se pelo link que tu passou, não está com o mesmo problema para poder enfim, dizer o que achei do filme.

    E há alguns dias comecei a ler o segundo livro, Cidade das Cinzas e estou achando ele fantástico, tanto que quando comecei a ler até achei estranho, o quanto a autora está escrevendo diferente (pra melhor -qq), e pelo que eu fiquei sabendo, a cada livro ela se supera. Ah acho que quem não conhece ainda a saga, vai se interessar ao ler o seu post, ficou bem bacana :3.

    http://garoto-erudito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (E o vício é tamanho que você olha pra foto do avatar e vê o Simon ;u;)

      Que bom que concorda comigo Kabuh! Acho que daria notas diferentes para os livros, mas se fosse para dar uma nota à série, seria 4 (culpem o romance cliché e-e). O filme tá bem legal, mesmo, mas o final tá diferente u3u

      É verdade, a Cassie está escrevendo cada vez melhor, desde Cidade dos Ossos até Princesa Mecânica.
      Obrigada ( ˆᴗˆ )

      Excluir
  4. Hello, Mugi-chan!
    Eu acabei de ler o terceiro livro da série, e eu amei completamente! Sim, o inicio foi extremamente clichê, ms quando eu bati os olhos nos Simon, wow! Eu gamei nele, meu deus. owo qq

    Por que você quase odeia o Jace? q Eu acho ele engraçado, mesmo Simon sambando em todos os personagens. q Bom, o que eu mais gostei da série é que ela tem um drama moderado, e que a personagem principal não é uma fresca, que fica cheia de drama no livro, eu odeio drama, sinceramente. eue Eu não gostei do filme, na verdade, eu achei ele confuso. (principalmente porque eu estava assistindo com meus primos, com sono e a qualidade do filme estava péssima, mas enfim. q) Então eu só gosto dos livros mesmo. /o/

    Jaa, Mugi-chan. (^▽^)
    http://kaazumi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chente, todos amamos o Simon uwu Ele é um dos mais legais u-u

      Eu quase-odeio ele porque eu tenho algo contra casais principais e é. Tipo assim, não basta ele ser lindo e gostoso, conseguir a principal, ressuscitar e descobrir ser sobrinho da inquisadora, ele ainda tem que ver sangue de anjo e conseguir saltar do telhado do Instituto e de uma cela de 3 metros de altura? Pelamor', as vezes eu fico zangada com essa sorte infinita dos principais u3u Amo as piadas do Simon, eu rio demais lendo TMI ;u;
      Eu também gostava da Clary, mas aí eu fiquei simplesmente muito zangada com ela no quinto livro. Sééééério, ela tava tããão chata no livro! Eu gostei do filme, achei bem legal, mesmo tirando algumas partes que eu não lembro exatamente qual foram nesse momento. Mas não se compara ao livro u3u

      Excluir
  5. O que aconteceu com o Blog? Por que está em hiatus? :')

    ResponderExcluir

OIE GENTE ( ◉◞౪◟◉)

Vai comentar? Obrigada, eu agradeço, principalmente se for um comentário decente/legal ( இωஇ ) Mas, antes de comentar, leia as regrinhas chatas que você nem precisa seguir se não quiser.

✖ Não comente coisas como 'Seguindo, segue de volta?' ou coisas do tipo.
(P.S.: Não sei se isso é porque meu blog é tão desconhecido assim, mas nunca recebi um comentário do tipo e-e desculpem)

✖ Coloque sua URL no final do comment, porque aí eu retribuo a visita e se gostar, sigo.

✖ Evite xingar as pessoas, a não ser que seja um post sobre isso. Sinta-se a vontade para usar palavrões, até porque eu também uso e_e

Só isso pissoinhas, agradeceria se seguissem as regras (o'ϖ'o)