Lendas Urbanas Japonesas - Hitori Kakurenbo (One-man Hide and Seek)

In this world, my everyday life is completely and utterly boring.
Someone, please, destroy this boredom.
- A-ya

Consegui fazer o pooost ~dancinha~ sério, eu tô pegando a mania de colocar frases aleatórias no começo dos posts; desculpem por isso, é automático. Bom, vamos esquecer esse acidente "muuuito trágico" que aconteceu e voltar a vida normal, sim? Queria perguntar pra vocês se aí, em seus computadores, esse design fica meio estranho. Tipo, com o cabeçalho mais para a direita ou para a esquerda. Se sim, me desculpem por isso, é por causa que meu computador é um pouco maior do que o da maioria, então acabo tendo essa diferença de tamanho.

Well, voltando ao assunto, alguém aqui já ouviu falar em uma lenda japonesa chamada "Hitori Kakurenbo"? Ou, em inglês, "One-Man Hide and Seek"? Quem aqui já ouviu a primeira música da série Bookmark of Demise, cantada pela IA, que se chama "Kodoku no Kakurenbo"? Para quem já conhece a música, vocês sabiam que o Kodoku/A-ya fez o ritual dessa lenda? É um jogo assustador, uma lenda que ninguém sabe se é verdadeira. Querem saber do que se trata?


Do que você irá precisar:
★ Um boneco/pelúcia que tenha braços e pernas (nunca, jamais, use um de tamanho humano).
★ Arroz e alguma coisa que tenha seu DNA (?) (as pessoas usam unhas, mas pode ser sangue, pele ou cabelo).
★ Um objeto cortante (como uma faca, ou um punhal).
★ Uma agulha.
★ Fio ou linha de cor vermelha. (Importante, TEM QUE SER VERMELHA).
★ E, um dos mais importantes, um copo com água e sal ou saquê.

Recado importante: Antes de começar com o jogo, você deve desligar todas as luzes e aparelhos domésticos, deixando somente as televisões ligadas. Faça isso enquanto você estiver sozinho e com a porta principal de sua casa trancada.

Como jogar:
★ Primeiramente, dê um nome a seu boneco/pelúcia.
★ Abram a pelúcia e tirem seu recheio (aquele algodão) e, ao invés disso, o encham de arroz e da coisa que contenha seu DNA (independente do qual você escolheu).
★ Depois, voltem a costurar sua pelúcia com a linha vermelha. Depois de terminar, não corte a linha! Antes disso, enrole-a sobre o corpo de sua pelúcia.
★ Depois, por volta das três da manhã (sim, tem que ser de noite), leve sua pelúcia até o banheiro e encha sua pia, ou banheira, ou um balde de água, e diga: "Vamos brincar de esconde-esconde. (SEUNOMEAQUI) será o(a) primeiro(a) a procurar". Diga isso três vezes, e depois deixe sua pelúcia cair na pia/banheira/balde com água.
★ Saia do lugar, conte até 10 e volte ao banheiro, pegando seu objeto cortante e sua pelúcia. Depois, apunhalem sua pelúcia, dizendo: "Te encontrei (NOMEDASUAPELÚCIA). Agora é sua vez".
★ Deixem-o lá junto com a faca, e corra para seu esconderijo. Faça o mínimo do mínimo de barulho possível, e, enquanto está em seu esconderijo, não fale ou faça nenhum barulho. É sério.
P.S.: Em seu esconderijo, deverá ter o copo com água e sal ou saquê. Se você não estiver com isso, você se fode. (se o jogo for verdadeiro).

O jogo em si é essa parte. Se a lenda não for verdadeira, obviamente nada vai acontecer, mas mesmo, é melhor prevenir (se for verdade, a pelúcia está viva andando pela casa a sua procura, se ela te achar, ela vai enfiar a faca na sua barriga. Legal, não?! :) ). Nunca saia de seu esconderijo, e tente ficar lá o máximo de tempo que conseguir. Quando cansar de brincar, pegue o copo e beba a água e sal/saquê, mas não engula! Fiquem com a água na boca.

★ Saiam de seu esconderijo e procurem por sua pelúcia. Se ela não estiver no banheiro, aí a porra fica séria. Procurem atentamente em todos os locais até achá-lo.
★ Quando achar, cuspa a água com sal/saquê em cima dele e diga: "Eu ganhei! O Jogo Terminou!".
P.S. MAIS IMPORTANTE DE TODOS OS TEMPOS: Queime sua pelúcia depois disso #pelamordechessuis. Aí sim, o jogo termina.
Essa é a lenda de Hitori Kakurenbo. Gostaram? Para terminar o post, dois vídeos. Um, de uma pessoa jogando o jogo, e a outra de Kodoku no Kakurenbo, da IA. Vejam que ele fala sobre o jogo:

9 comentários:

  1. o_O nunca nunca nunca que eu vou querer descobrir se a lenda é verdadeira ou não, -qqq, kkk euri do 'se ele não estiver no banheiro aí a porra fica séria' looool, se ele não estivesse no banheiro eu juro que saia correndo de casa, me mudava dela, da cidade do estado e mudava meu nome -qqq ~só por precaução né, vai que o ursinho sabe ler e acaba vendo meu nome escrito em alguma coisa na casa -qqq~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. somos duas, eu nunca teria coragem de fazer isso, mas eu gosto (muito) da lenda :P ~estranha, eu?~

      kkkkk acho que eu tacaria fogo na casa e depois ia me benzer... slá, vai ver que sai a criatura dos infernos pra me pegar? Depois, eu adoto o nome de Gisele e vou morar na África :P lá, eu acabaria sendo morta por algum animal selvagem, tipo um yorkshirre, e iria parar no 'céu', onde minha pelúcia estaria me esperando.

      ... Meu Deus, o que eu disse ali em cima? o_O

      Excluir
  2. Eu preciso fazer isso *---* eu já sabia da lenda por causa de Tasogare otome x Amnesia mas enfim eu quero fazer isso, porém eu jamais teria coragem, vai ver que a puta da pelúcia não tava no banheiro depois? Eu saia correndo cuspindo água com sal por todos os cantos da casa, depois incinerava a casa e me mudava pra algum lugar desconhecido, mudava meu nome, idade, fazia plastica -qqq enfim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vei, esqueci de dizer que aparece em Tasogare Otome X Amnesia -qqqqqq mas agora já foi u-ú
      Cara, se a pelúcia não estiver no banheiro eu iria surtar. O pior é que, se eu fosse dar uma de por fogo na casa, com certeza iria começar a chover, só porque estamos falando de mim -sqn.

      Excluir
  3. ~comentando em 2015 porque sim~
    Cara eu adoro essas "brincadeiras", mas nunca tenho coragem de fazer nenhuma (se eu tivesse coragem eu faria... Claro que eu perderia um braço e um rim, mas faria), se eu fizesse essa ai e voltasse no banheiro e o boneco de pelúcia não estivesse lá (se eu fizesse a brincadeira chamaria o boneco de Carla..) eu saia correndo da casa (e com certeza bateria minha testa em alguma parede, pois eu sou o ser mais desastrado do planeta -qqqq) tacava fogo me mudava de nome, estado, país...
    Ps.: eu fiquei sabendo da lenda com uma música da SeeU que eu tinha lido nos comentários que era uma referência a essa lenda, mas ninguém liga então tchau ~le corre~

    ResponderExcluir
  4. Mínina q negocio louco, Jesus vou me benzer só por ter visto o vídeo. Mds eu to cagando de medo aqui, caralho. Quem q faz esses negócios????????? Ahh q horror

    ResponderExcluir
  5. ta.....fiquei com muito medo , mas fiz com uns amigos e ..nada aconteceu !! mas mesmo assim da medo huheuehuehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc fez com os amigos? ou sozinha? pq alí diz q vc deve estar sozinha

      Excluir
  6. NUNCA use seu sangue.
    NUNCA use seu nome ou nome de pessoas conhecidas em seu urso.
    NUNCA use algo tão perfurante como facas, tesouras e etc. use algo como um palito de dente. Lembre-se, com o mesma "arma" que você usou nele, ele vai usá-la contra você.
    Diga TRÊS vezes EU GANHEI, EU GANHEI, EU GANHEI. Não apenas uma vez, se o fizer o ritual não vai estar completo.
    NUNCA jogue com alguém dentro de casa, pode colocar em risco a outra pessoa.
    CUSPA a água com sal em sua boca no urso e JOGUE a água do copo nele também.
    E por favor, NUNCA passe de UMA ou DUAS horas nesse jogo.

    xD

    ResponderExcluir

OIE GENTE ( ◉◞౪◟◉)

Vai comentar? Obrigada, eu agradeço, principalmente se for um comentário decente/legal ( இωஇ ) Mas, antes de comentar, leia as regrinhas chatas que você nem precisa seguir se não quiser.

✖ Não comente coisas como 'Seguindo, segue de volta?' ou coisas do tipo.
(P.S.: Não sei se isso é porque meu blog é tão desconhecido assim, mas nunca recebi um comentário do tipo e-e desculpem)

✖ Coloque sua URL no final do comment, porque aí eu retribuo a visita e se gostar, sigo.

✖ Evite xingar as pessoas, a não ser que seja um post sobre isso. Sinta-se a vontade para usar palavrões, até porque eu também uso e_e

Só isso pissoinhas, agradeceria se seguissem as regras (o'ϖ'o)