Aiko in Underground - Terceira parte


MIL DESCULPAS POR DEMORAR A POSTAR! Tava sem nenhuma criatividade nesses dias, aí hoje eu acordei inspirada, então aí está. Eu finalmente cheguei na parte que eu queria aquela parte que a porra fica séria começou a parte "underground" da vida, a parte das lutas, sangue e mortes. 



Venha, oque está esperando?
Mate e ganhe o jogo.
O delicioso jogo da Lua.
Junte seu grupo e vença!


Não conseguia ouvir mais nada, não sentia meu próprio corpo. Só uma coisa estava na minha cabeça: Mate. Estava perdendo o controle de meu corpo, não conseguia pensar. Me rendi, e me joguei no Jogo da Lua.

- Bom Dia, pequena Aiko, ontem foi um dia cansativo, não foi?- Foi a primeira coisa que ouvi quando acordei no outro dia. Abri os olhos, eu não estava na cama de sempre. Eu se encontrava em um quarto com as paredes vermelhas, cortinas pretas e um enorme guarda-roupa prateado. Onde eu estava?
- Desculpe pela sua perna, você realmente me tirou do sério ontem. Eu poderia ter te matado sabia?! – Então, eu percebi que minha perna estava enfaixada, se sentei na cama, Koai estava olhando a janela. Seus cabelos estavam soltos balançando ao vento, ela quase parecia uma pessoa normal. Ela parecia ser um pouco mais velha que eu, mas eu não sabia quantos anos ela tinha. Não sabia nada sobre ela, nem sobre ninguém.
- Errr... Onde eu estou? E... o que aconteceu?
- ÃN? Não lembra de nada de ontem a noite?- Ela me olhou nos olhos, aqueles olhos sem vida dela, então eu lembrei. Momentos vagos, da noite passada. Todos estavam brigando, meus olhos estavam sem brilho. Yuu estava dentro de uma gaiola, do outro lado do rio, muito sangue, eu estava lutando. Koai avançou pra cima de mim, de onde eu tinha tirado aquela faca? Ah! Ela estava debaixo do meu travesseiro. Eu acertei ela no braço, ela gritou.
- Bom, você vai acabar se lembrando, Mas. Vou logo avisando, não terei piedade de você na próxima vez que me machucar. - Ela mandou eu me trocar e descer para a sala de jantar. Descobri que estava no "castelo do outro lado da ponte", a casa da Koai. O castelo era totalmente igual ao do Oki, mas ao invés de branco e dourado, era tudo preto e vermelho. Eu vi algumas empregadas ou mordomos, mas eles sairam rapidamente da minha vista. Chegando na sala, Koai estava comendo Macarrons, ela pediu para eu me sentar, e disse que iria me contar sobre ontem.
- Então, teve insônia ontem a noite? Você ouviu a voz não é?! Bom, acho que agora nem meu Oki pode me impedir de contar, estava esperando por isso. Vamos começar do começo: Aiko, como foi seu aniversário de 6 anos? - Ela olhou para mim esperando a resposta. Descobri então, que não lembrava de nada do meu aniversário de 6 anos.
- Eu..... não sei.
- Humpf.... não acredito que você esqueceu do meu lindo presente! - Incrível como ela consegue me fazer lembrar do que eu não quero. Minha mente despertou, comecei a lembrar aos poucos... que aconteceu no meu aniversário de 6 anos. Agora tudo fazia sentido, porque todos eram familiares, a voz, porque eu achava que já tinha ouvido ela antes? Jogo da lua.... 


FlashBack
- Aiko, você não precisa matá-los se não quiser. Você ainda é jovem.... - Koai falava com um sorriso no rosto. Ela tinha a parência de uma menina de 8 anos, seus cabelos levemente predidos em 2 tranças estavam bagunçados, ela quase parecia uma menina normal.
- Não, vamos fazer isso juntas! Eu vou ficar aqui com você! Vamos matá-los juntos!- Meu cabelo estava da altura do ombro, solto e bagunçado. Estava com um pequeno vestido preto, e com uma faca em minha mão. Estávamos de mãos dadas.
Fim de FlashBack

- Oh! Você lembrou?! Foi rápido... achei que iria demorar mais.... perdeu a graça- ela suspirou, sentada com cara de tédio. Ainda não estava tudo tão claro em minha cabeça. Não lembrava de tudo de meu aniversário. Mas uma coisa é certa: Eu realmente já tinha ido nesse lugar.
- De qualquer maneira, você finalmente pode ficar conosco aqui, para sempre... basta dizer que quer. - Ela se aproximou de mim, ela cheira a sangue.
- Mas, VOCÊ É LOUCA? Eu não quero ficar nesse lugar maluco, eu devia estar doida quando eu era pequena para dizer aquelas coisas, ME TIRE DAQUI! AGORA!!!! - Se levantei da cadeira e olhei pra ela com raiva. Como uma pessoa iria querer viver naquele lugar? Ela me olhou meio supresa, mas eu acho que era exatamente isso que ela queria que eu fizesse.
- Tudo bem, mas eu não posso tirar você daqui, para você sair você tem que matá-los, matar o Grupo Branco. - Ela estava com uma cara normal, como se isso fosse a coisa mais fácil do mundo. Subi para meu quarto com a idéia na cabeça, ela estava se referindo ao grupo do Yuu e do Oki, não é?! Mesmo eles sendo muito estranhos, nunca conseguiria matá-los. Abri meu guarda-roupa para ver onde estava minha tiara.
- "Toc Toc Toc" - eu ouvi, vinha do guarda-roupa, como era possível? Levei lentamente minha mão até ela encostar nele, e bati de volta. Ele respondeu, dessa vez, um pouco mais pra cima e pro lado, e quando fui ver, tinha um pequeno botão, quase não visível para os olhos. Esse mundo está ficando cada vez mais louco. Quando cliquei, a parte de trás do guarda-roupa abriu-se, revelando uma sala.
- Olá... meu nome é.... Kaito. - Ele tinha cabelos prateados e olhos de cores diferentes. Um verde e outro amarelo, estava com uma roupa folgada, como se ele não saísse dali a anos, ele esforçou-se para manter o sorriso, mas estava na cara que ele estava sofrendo.

Continua...

OH GOD, EU NÃO ACREDITO QUE EU CONSEGUI FINALIZAR O CAPÍTULO! Juro que eu estava me matando pra escrever, porque tinha que fazer as coisas estranhas e ao mesmo tempo com lógica. Botão no guarda-roupa? Sério, desculpe pela minha criatividade. Vou tentar não atrasar tanto o próximo, o Kaito finalmente deu as caras, ela agora tem que matar seus amigos para sair de lá.... sem falar que ela precisa lembrar da sua inesquecível festa de aniversário de 6 anos. Muitas coisas ainda vão acontecer.

2 comentários:

  1. Mugi-san, só tenho uma coisa para te dizer... ADOREII!!
    Está cada vez melhor =D (Agora que não deixo de ler mesmo )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. asjabhdisbciuwbvllqwycbwq ~le ataque~ A-ARIGATOU!!! As coisas tão começando a fazer sentido xD Muito obrigada por gostar! Eu realmente fiko felis de saber que alguém lê isso!

      Excluir

OIE GENTE ( ◉◞౪◟◉)

Vai comentar? Obrigada, eu agradeço, principalmente se for um comentário decente/legal ( இωஇ ) Mas, antes de comentar, leia as regrinhas chatas que você nem precisa seguir se não quiser.

✖ Não comente coisas como 'Seguindo, segue de volta?' ou coisas do tipo.
(P.S.: Não sei se isso é porque meu blog é tão desconhecido assim, mas nunca recebi um comentário do tipo e-e desculpem)

✖ Coloque sua URL no final do comment, porque aí eu retribuo a visita e se gostar, sigo.

✖ Evite xingar as pessoas, a não ser que seja um post sobre isso. Sinta-se a vontade para usar palavrões, até porque eu também uso e_e

Só isso pissoinhas, agradeceria se seguissem as regras (o'ϖ'o)